PT EN
Produção
Apenas a gravidade natural é utilizada ao longo do processo produtivo

VINIFICAÇÃO

A adega totalmente enterrada e localizada por baixo das vinhas, utiliza as mais modernas tecnologias de vinificação. As uvas vindimadas são previamente selecionadas por terroir e por casta, demorando apenas alguns minutos até chegarem à adega, para iniciarem a maceração durante 24 horas a baixa temperatura.

A arquitetura vinicamente pensada deste edifício em 3 pisos, permite a descida das uvas tintas para os lagares troncocónicos previamente arrefecidos por gravidade, sem pressões nem bombagens, onde passa um robot que efetua uma pisa suave e demorada.

O mosto de branco previamente desengaçado escorre suavemente para uma prensa pneumática com total ausência de oxigênio, inviabilizando qualquer possibilidade de oxidação.

Após a introdução de leveduras selecionadas para cada tipo de vinho e casta, inicia-se a fermentação e as extrações fazem-se de forma suave durante um período longo que permita extrair todos os componentes das uvas, essenciais à estrutura, longevidade e complexidade dos vinhos.

São propostos diferentes equipamentos, cubas abertas, cubas fechadas e balseiros em madeira de carvalho francês em função da casta. Todos dispõem de um sistema de controlo de temperatura e respeitam as mais antigas tradições vínicas. Favorecendo a vinificação de pequenas quantidades, estes equipamentos multiplicam os meios de seleção do estágio em barricas de carvalho francês novo e afinam a precisão de cada lote, proveniente de uma parcela ou de um fragmento de parcela.

A submissão ao terroir e o respeito pela uva são as palavras-chave neste verdadeiro trabalho de relojoaria que nos orgulhamos de apresentar aos consumidores.

ESTÁGIO

A temperatura e a higrometria são para a Herdade do Freixo, condições indispensáveis para o adequado estágio dos nossos vinhos. A localização da cave de estágio em barricas, no local mais profundo da adega, potencia a manutenção de uma temperatura entre os 15º e 18º C e uma humidade média de 85% com reduzida utilização de aclimatização artificial, determinando as condições ideais para a boa evolução do vinho.

O repouso do vinho em barricas de 225 litros, previamente estudado por casta e a respetiva evolução em cada tipo de madeira, permite um casamento harmonioso com os diferentes tipos de madeira, conferindo “aromas mais sutis, complexos e taninos redondos e elegantes” nos vinhos estagiados em madeiras francesas e “aromas amadeirados mais potentes e taninos mais rústicos” nos vinhos que evoluíram em madeira americana. O fator Tempo de Estágio irá determinar a densidade, a intensidade e as características organoléticas, que permitirão ao enólogo seleccionar o lote final, homogéneo, onde o vinho irá expressar ao longo dos seus anos de vida a sua história e personalidade.

A Herdade do Freixo apresenta o resultado de um cuidadoso ajuste da afinidade de cada casta com o carvalho, com o intuído de enriquecer e dar a conhecer os sabores e aromas da natureza.

ENGARRAFAMENTO

Na linha de engarrafamento, a aposta da Herdade do Freixo na preservação da essência, motivou o investimento numa linha com tecnologia de ponta, que utiliza uma torre rotativa de pré-evacuação do ar das garrafas, com injecção do gás inerte antes do engarrafamento. Esta operação permite evitar a absorção do oxigênio na fase de enchimento, preservando as características organoléticas e sensoriais dos vinhos.

Por outro lado, a linha com válvulas autonivelantes permite que não exista a necessidade de ser criada uma depressão na campânula de enchimento e assim poderem ser realizados enchimentos com níveis precisos, repetitivos e naturais. Também uma ausência das cânulas de retorno do vinho impede quaisquer contaminações microbiológicas e facilita as operações de lavagem e esterilização a vapor de água em todo o circuito em contacto com o vinho.

SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER, PROMETEMOS MANTER-NOS EM CONTACTO

Confinanciado por: